18/05/2020

[Resenha] A Armadilha do Paraíso - A. C. Crispin

Boa Noite! Hoje temos mais uma resenha fresquinha para vocês ❤ O escolhido de hoje foi A Armadilha do Paraíso, primeiro livro da trilogia Han Solo, da autora A. C. Crispin ❤ Se você gosta desse universo de Star Wars e/ou do personagem esse livro é uma ótima indicação, confira a resenha abaixo.

Dados do Livros
Titulo: Armadilha do Paraíso (Trilogia Han Solo #1)
Autor(a): A. C. Crispin
Quantidade de Páginas: 356
Editora Aleph
Gênero: Literatura Estrangeira / Ficção Científica / Fantasia / Drama
Ano: 2016
Skoob: Clique Aqui
Sinopse: Depois de uma infância de maus tratos e abandono, o jovem Han Solo finalmente foge das garras de um grupo de contrabandistas para seguir seu sonho de se tornar um grande piloto. Mas a realidade de exploração e injustiça nem sempre é fácil de ser deixada para trás, e seu novo emprego em Ylesia, um retiro para peregrinos religiosos, revela não ser o paraíso que os sacerdotes anunciam. Han precisará de toda a sua malícia e a sua astúcia para sobreviver às armadilhas em seu caminho, sejam as de contrabandistas inescrupulosos ou as de falsos profetas e seus interesses escusos. Nesta clássica e aclamada trilogia, A. C. Crispin conta a história da origem de um dos mais cativantes personagens de STAR WARS, da infância de Han Solo a bordo de uma nave até o momento em que seu destino se cruza com o dos últimos Jedi da galáxia.




Resenha
Nesse primeiro livro da Trilogia Han Solo acompanhamos o protagonista, Han, que quando bem pequeno foi tirado das ruas pelo capitão Garris Shrike, dono da Sorte de Mercador, onde cresceu em meio a diversos maus tratos sendo obrigado mendigar quando mais novo e depois de crescido a participar dos golpes do capitão.

Tendo como unica amiga e ser que realmente se importava com ele a Wookiee, Dewlanna, a cozinheira da nave, Han sonhava em juntar créditos suficientes para se candidatar a Academia Imperial e virar um oficial da Marinha. Claro que para isso ele precisaria sair das garras do Capitão, assim ele criou um plano perfeito, havia se candidata para uma vaga de piloto no planeta religioso Ylesia, e pegaria carona clandestinamente na pequena nave, Sonho  Ylesiano, que estava trocando carga na Sorte de Mercador e iria voltar para seu planeta.

Porém Han não contava que Garris descobri-se que ele esta fugindo e que faria de tudo para impedi-lo e dar a Han um último castigo, para aprender a não trai-lo. Com um pouco de sorte e o sacrifício da sua amiga, Dewlanna, Han consegue minutos antes da partida entrar na Sonho  Ylesiano e partir. Chegando a Ylesia logo ele descobre que o planeta não é exatamente o que demostra ser, conseguindo ser contratado para transportar especiarias caríssimas, Han não imaginava que faria amigos e encontraria seu primeiro amor, levando ele em mais uma grande aventura e fuga.

Autora A. C. Crispin tem um escrita bem fluida e mesmo eu não sendo boa em gravar as diversas raças que vemos nas sagas de Star Wars não fiquei perdida pois ela consegue descrever bem os personagens e cenários. Outro ponto positivo é o desenvolvimento de Han, mostrando porque ele se tornou uma pessoa que não demostras seus sentimentos, apenas uma grande confiança, que usa para esconder bem lá no fundo seus medos.

Sendo o primeiro livro da trilogia acompanhamos o protagonista até um ponto chave de seu desenvolvimento e eu adoraria que o segundo livro já tivesse sido publicado aqui, mas a aventura desse livro em si tem o inicio e fim nele não deixando pontas dela soltas.
Onde Comprar: Amazon - Saraiva - Submarino

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Regras para os Comentários:

- Seja educado e não use palavras de baixo calão;
- Comentários hostis e racistas serão excluídos;
- Deixe o link do seu blog, pois retribuo todos os comentários;