05/07/2018

[Crítica] Grimm O mais doce dos pesadelos


Boa Tarde!! Nesta segunda postagem do mês de Julho nada melhor que uma critica de uma série bem bacana *-* Assim nosso colunista Arian escolheu para hoje falar sobre a série Grimm produzida pela NBC.

Grimm O mais doce dos pesadelos
É com Sweet Dreams, de Eurythmics que o episódio Piloto de Grimm começa. É com Sweet Dreams na versão de Marilyn Manson que o Piloto termina, para que uma das melhores séries que, particularmente, já acompanhei tenha início. O início sombrio e cativante, como um livro bem escrito, de estrutura bem amarrada e de conteúdo rico, exatamente como as fábulas dos irmãos Grimm. E sim, a série traz os contos de terror com a pitada de gore que faltava nas séries norte-americanas.

Com seis temporadas ao todo, foi transmitida do final de outubro de 2011, até o fim de março de 2017. Seis temporadas que conversam o tempo todo entre elas, criando ao longo dos 123 episódios um universo próprio, que você, espectador, assiste desejando que seja verdade.

Grimm foi produzida pela NBC, com a técnica que casa perfeitamente com o suspense. A técnica da câmera única. Filmar toda uma cena com apenas uma câmera, captando movimentos de uma forma que o olho humano iria, deixando cada situação ainda mais, perdoem-me pelo trocadilho, humana.

O trocadilho faz sentido assim que você liga o primeiro episódio. Mas tome cuidado, pois todas as temporadas estão disponíveis na Netflix, e parar de assistir é quase impossível. Ao ligar o primeiro episódio você salta da poltrona nos primeiros dois minutos, e então junta o rosto na tela até que este termine. Por quê? Porque você certamente vai querer ser um Wesen.

A série gira em torno de Nick Burkhardt, vivido pelo não muito expressivo, mas muito talentoso, David Giuntoli. Nick é além de um detetive da polícia de Portland, no Noroeste dos EUA, pertinho do Canadá e abençoada pelo clima temperado, com pinheiros, com bosques e mais bosques, e com muito crime estranho. Nick é além de um humano, ele é um Grimm.

Você ainda não sabe o que é um Grimm? Tudo bem, nem ele até que sua tia surge no meio do episódio Piloto, descarregando um legado de família sobre ele, uma herança que vai além da chave super misterioso que Nick deve guardar com sua vida. A tia de Nick, já em estágio terminal do câncer, traz explicações. Explicações sobre o que ele vê, pois ser um Grimm significa ver o verdadeiro ser de algumas pessoas, ver os que são Wessen.



Tia Marie pode ter explicado o que ele é, mas é Monroe (Silas Wier Mitchell) que ensina Nick, ao decorrer dos episódios o que são os “Wesens”. É no Piloto que Nick conhece Monroe, durante uma investigação de homicídio e sequestro, Nick vê Monroe revelar sua verdadeira fisionomia como Blutbad, banho de sangue em alemão, e um lobo quando está em woge, ou, também em alemão, transformado.

Monroe, um lobo vegetariano e reformado dos dias de matança, auxilia Nick não só nos casos, mas em seu próprio descobrimento. Monroe não é, contudo, o único amigo de Nick, e neste ponto menciono Hank (Russel Hornsby) o parceiro de investigações de Nick, que só descobre a verdade sobre o parceiro muitos e muitos episódios adiante, assim como Nick descobrindo que ser um Grimm não é só ver, mas é ter sentidos melhores e ter no sangue a história de assassinos. Um Grimm mata Wesens, e os aterroriza apenas com a presença. Contudo Nick é um oficial, no constante conflito de certo e errado, e aos poucos descobre que há inúmeros meios de conciliar seu novo paradigma de vida com sua profissão, com seus preceitos, e assim faz amizade e alianças com Wesens, mostrando que ter ódio pelo diferente é apenas questão histórica, e que nos dias atuais a intolerância não leva a lugar algum.

Contudo nem todos os Wesens são bonzinhos, na verdade a maior parte dos crimes são cometidos por eles na série. E nem todos os próximos de Nick são de fato próximos. Sargento Wu (Reggie Lee) e seu bom humor faz parte do círculo confiável, Juliette (Bitsie Tulloch) é a namorada e primeiro par romântico do protagonista. Primeiro, pois no decorrer da série encontramos a figura da bruxa (Hexenbiest) Adalind Schade, vivida pela carismática -não tão loira quanto na série- Claire Cofee. Adalin tem o sorriso e a personalidade que irão lhe fisgar, atuando como a precursora da história paralela da série, lado ao lado do Capitão Sean Renard, chefe de Nick e Hank, interpretado pelo alto, poliglota e famoso Sasha Roiz. Sean não é só capitão, é metade Zauberbiest (bruxo) e metade príncipe.

Sim, temos realeza em Grimm. A família real Áustria, que na série ainda é um tipo de monarquia parlamentar, é a antagonista primária de Nick, trazendo à série algo que você já encontrou em algumas aclamadas, como Game of Thrones: trama. “Grimm” tem muito enredo, voltas e reviravoltas. Personagens fortes, personagens marcantes pela astúcia, como Rosalee Calvert (Bree Turner) uma Fuchsbau (raposa) e futuro conflito amoroso de Monroe.

É com Rosalee que iremos conhecer as regras sob as quais vivem os Wesens, o conselho Wesen. É com Sean Renard que conheceremos o porquê das chaves, das medalhas e de tantos outros objetos desejados pela família real. Mas é com cada uma das personagens, juntas, que você sente o que sente Nick. O novo, o assustador, o desconhecido, não são nada além da manifestação da diferença, e apenas em equipe, como estão constantemente as protagonistas, é que se vence as dificuldades, soluciona-se assassinatos e, principalmente se luta por quem ama.

A série tem seu trunfo na maquiagem, nos efeitos visuais e especialmente, na atuação. Os atores realmente encarnam as personagens, com ou sem as máscaras. A ambientação, a adaptação policial e do contexto real. Tais atributos técnicos unidos ao enredo bem construído dariam uma série muito mais longa, se a audiência fosse maior, contudo os produtores souberam terminar de uma forma magnífica, colocando Grimm no seleto grupo das séries “Finalizadas” e não das inúmeras “Canceladas”.

Contudo, não se engane pequeno Kehrseite-Schlichkennen. Acenda as luzes, pois “Grimm” é uma série de suspense, de ação e  aventura. Há romance, há humor, mas exatamente como os contos dos irmãos Grimm, não é feita para crianças. Nem para quem teme o escuro.


Sweet dreams are made of this
Who am I to disagree?
I travel the world
And the seven seas
...

21 comentários:

  1. Eu já escutei muito sobre essa série, e confesso que apesar de não fazer meu gênero eu tenho muita curiosidade sobre ela, e adorei conferir sua opinião sobre ela aqui, parabéns.

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Oie, tudo bom?
    Eu adorei seu post! Sempre vi pedaços dessa série na tv mas nunca senti vontade de assistir pra valer porque achei os efeitos meio mal feitos, kkkk. Mas sabendo que tem um enredo consistente assim, e amando contos de fadas, com certeza irei gostar de assistir! Darei uma chance :)

    ResponderExcluir
  3. Que texto mais gostoso de ler!
    Achei a forma de escrita da crítica bastante divertida, elucidativa e profissional.
    Se eu assisto algo que gosto, só digo assim: "Gente, pelo amor de Deus assistam! É maravilhoso!" kkk
    E suas palavras, sua forma de escrever denuncia o quanto você embasou-se para trazer algo tão completo e muito bem feito. Quando tiver um livro escrito, quero vir aqui pra você fazer a resenha.
    Quanto ao conteúdo, eu não curto muito. Tenho pavor de histórias de terror, porque minha mente fértil sonha com tudo depois.
    Mas enfim... Parabéns pela crítica!

    Eliziane Dias

    ResponderExcluir
  4. Oiieee

    Eu assisti alguns capitulos da série, meio fora de ordem, e fiquei muitooo viciada. A ambientação é legal, e os atores, como vc bem disse, encarnam bem seus personagens. Preciso me atualizar e ficar em dia com a série, é uma das que mais gostei de conferir em 2017.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  5. Eu ainda não consegui assistir à serie completa, eu fiz alguns episódios e fiquei doida de vontade de continuar vendo, mas acabei deixando de lado. Adorei a sua postagem, me lembrou que preciso muito voltar a ver!

    ResponderExcluir
  6. Oi Arian, eu sou apaixonada por esta série, semana passada ou na outra, terminei a 5 temporada e comecei assistir da primeira, é incrível a melhora gradativa nos efeitos visuais da série, e para minha alegria, no outro dia, saiu a 6 temporada, fiquei muito feliz, estou quase acabando. Simplesmente amo.
    Bjos
    Vivi
    http://duaslivreiras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Meu namorado ama essa série e ficou todo empolgado ao ver uma nova temporada na Netflix. Eu ainda não consegui dar uma chance, mas pretendo fazer isso em breve <3

    Week Click é um projeto fotográfico e funciona como um diário. Aqui coloco registros da minha semana e aproveito para conversar.

    www.saidaminhalente.com

    ResponderExcluir
  8. Olá,
    Ah eu gostava tanto de ver Grimm! Eu acompanhava toda semana esperando um novo episódio, eu também super recomendo esta série. Parece assustadora, mas com o passar dos episódios você acostuma, só não assistir de noite hahahaha.

    Debyh
    Eu Insisto

    ResponderExcluir
  9. Não é o tipo de série que eu curta,por isso não acompanhei. Que bom que você gosta dela, pelo que já vi, é muito bem feita.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  10. Oi Arian,
    Eu não gosto muito da premissa desse seriado e não fiquei interessada em assistir, mas fico contente por saber que o seriado parece ser bem produzido. Vou indicar ele para meu irmão, que gosta :)
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Oiee tudo bem?
    Eu já vi alguns episódios espaçados da série, mas até agora ainda não me senti atraida a parar pra assistir tudo de uma vez, não, quem sabe mais pra frente. Gostei bastante do seu olhar sobre ela.
    beijos

    ResponderExcluir
  12. Olá! Tá aí uma série que eu comecei a ver, gostei, mas não foi nada que me prendesse e parecesse tão extraordinário. Nem mesmo o suspense é o medinho eu senti. Talvez eu só tenha visto no momento errado, pois tenho vontade de assistir novamente, e dessa vez tudo.
    Abraços

    ResponderExcluir
  13. Olá! Lembro que logo quando saiu rumores do lançamento dessa série fiquei muito ansiosa para assistir.. Mas acredita que até hoje nem vi o episodio piloto hahaha.. Lendo sua critica fiquei bem empolgada para começar esta série e fiquei muito mais feliz por ter na netflix! Já vou deixar ela guardadinha pra próxima maratona! Obrigada pela dica!

    Beijos,
    Conta-se um Livro

    ResponderExcluir
  14. Oi, tudo bem?
    Eu sempre vejo muitas pessoas elogiando essa série, porém, nunca tive curiosidade de assistir. Além de quase não assistir séries, eu não curto muito suspense e essa pareceu sombria demais para o meu estilo.
    Porém, ela parece ser mesmo bem produzida e fico feliz que as atuações também não deixem a desejar. Adorei a crítica e acredito que, para quem gosta de um bom suspense, irá gostar dessa série.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  15. Sinceramente, até hoje estou entre a curiosidade e o medo de ver Grimm... Rs... Mas fiquei muito empolgada lendo sua postagem, acho que vou me arriscar. Nem sabia que já tinha sido finalizada, mas esse é um ponto super a favor. Minhas férias estão chegando e acho que vou aproveitar que terei mais tempo disponível para conhecer.

    ResponderExcluir
  16. Olá, acho que eu ainda não conhecia essa série, mas depois de ler esse seu post ótimo sobre ela, já deu aquela vontade de ir correndo pra netflix assistir todos os episódios, muito interessante toda essa atmosfera sombria que ela tem.

    ResponderExcluir
  17. Eu baixei o filme está semana, mas ainda não tive oportunidade de ver.
    Não sabia que tinha uma série, já vou colocá-la na minha lista.
    Muito obrigado pela dica!

    ResponderExcluir
  18. Olá, tudo bem?

    Eu conheço a série, mas assisti poucos episódios.. não me senti envolvido, achei bem razoável e preferi continuar assistindo outras séries, mas gostei da suas impressões, ficou muito boa a crítica.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  19. Olá,

    Confesso que morro de curiosidade quanto a essa série, já vi muitos elogios e críticas ao enredo, é tipo de série que sem dúvidas irá prender minha atenção, mas assisto tantas séries que fica difícil assistir tudo que desejo. Tentarei fortemente começa ainda esse ano, espero conseguir haha.

    Beijos,
    oculoselivrosblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Oiii!

    Mesmo adorando sua crítica e todos os detalhes sobre o enredo, eu não consigo sentir tanta vontade de assistir essa série. Acho que ela é bem bacana, mas realmente não faz meu estilo. Porém, já mandei seu link para meu namorado para ver se ele já assistiu esse ep e o que ele acha sobre <3

    Beijinhos,

    ResponderExcluir
  21. Gosto muito da série, sempre que está passando eu assisto, mas não gostei do final.

    ResponderExcluir

Regras para os Comentários:

- Seja educado e não use palavras de baixo calão;
- Comentários hostis e racistas serão excluídos;
- Deixe o link do seu blog, pois retribuo todos os comentários;