05/04/2018

Entrevista com o autor J. Modesto

Boa Tarde 🌞 Hoje temos uma pequena entrevista com nosso autor parceiro J. Modesto, do qual teremos resenha em breve, então se você quer conhecer um pouco sobre o autor não deixe de conferir a entrevista abaixo ❤

1) Boa Tarde J. Modesto, para dar inicio a entrevista gostaria de perguntar como surgiu a ideia do enredo por trás do seu primeiro lançamento, o livro Trevas, você se inspirou em alguma(s) outra(s) historia(s) de Vampiros ?
RESPOSTA – Boa Tarde, Jessica! Obrigado pela oportunidade! Vamos lá! O Trevas teve origem num pequeno conto, que escrevi na minha adolescência, mas que só foi ganhar corpo muitos anos depois. A narrativa, na verdade, foi inspirada em muitas coisas de que gosto, e gostei na época. Pratiquei karatê por muitos anos   e   gosto   de   artes   marciais,   como   também   gosto   de   cinema,   literatura policial, HQs, em especial DC e Marvel e, é claro, terror. Tudo isso o leitor encontrará no livro Trevas, então é difícil dizer o que o inspirou. Na verdade, foi um conjunto de coisas e não uma história específica. O que posso te dizer de antemão é que não foi uma história de vampiro. O livro originalmente era sobre demônios, tanto que o título original era “Demônio Elemental”. O vampiro, que depois iria se tornar um dos protagonistas, entrou na história bem depois.

2) Por que a escolha de Vampiros para ser o ser sobrenatural principal de diversas de suas obras?
RESPOSTA – Opa, vamos com calma, rs! Os vampiros não são os seres principais de minhas obras. Tenho várias obras, algumas ainda inéditas, que não têm participação de vampiros. O que acontece é que, comercialmente, os vampiros vendem mais, e o editor dá preferência a histórias com os tais sanguessugas. Meu   segundo   livro,  Anhangá,   não   tem   vampiros.   O   livro,   que   deveria   ser lançado no ano passado, também não tinha vampiros, mas o editor acabou optando pela Vampiresa, devido ao sucesso da coletânea Amor Vampiro, que possui   dois   contos   meus   relacionados   a   personagem   principal.   Meus   dois próximos lançamentos, se tudo correr como esperado, trarão tramas que não tem qualquer ligação com esses seres.

3) O livro Trevas é ambientado das cidades de São Paulo e Rio de Janeiro,você usou locais reais das cidades para deixar os leitores que as conhecem mais próximas do enredo? Tem alguma em especial que você quis usar?
RESPOSTA – Sim. Os moradores de São Paulo irão se identificar com muitos pontose   ruas   conhecidas,   que   aparecem   na   história,   inclusive   a   aparição   de   umfamoso shopping da cidade.



4) Dentre os personagens deste livro tem algum que se tornou o seu favorito?Caso tenha você acha que ele também é um dos favoritos de seus leitores?
RESPOSTA – Na   verdade  gosto   dos   dois   protagonistas:  o   justiceiro,   porque  me remete   três   coisas   que   gosto:   artes   marciais,   histórias   policiais   e   HQs   da Marvel/DC; e o Vampiro porque, representa minha paixão por contos de terrore lendas envolvendo seres fantásticos.

5) Para encerrar você poderia dizer para leitores que ainda não leram nenhum de seus livros o que eles devem esperar ao ler Trevas ?
RESPOSTA – Os personagens foram construídos de forma a serem o mais completo possível,   tanto   física   como   psicologicamente.   A   ação   vai   numa   crescente,começando a narrativa de forma suave, até atingir o seu ápice, deixando um gostinho de quero mais, no  seu fechamento. Tenho muitos  leitores que me escreveram   dizendo   que   quando   começaram   não   conseguiram   parar  até terminar o livro, então acredito que isso já é um bom motivo para arriscarem. Oque esperar de Trevas? Muita diversão!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Regras para os Comentários:

- Seja educado e não use palavras de baixo calão;
- Comentários hostis e racistas serão excluídos;
- Deixe o link do seu blog, pois retribuo todos os comentários;