03/02/2018

[Resenha] Tartarugas até lá embaixo - John Green

Boa Noite 😊 Hoje temos a resenha do último lançamento do autor John Green, Tartarugas até lá embaixo, feita pela nossa resenhista Ana Luiza. Não deixe de ler a resenha abaixo.

Dados do Livros
Titulo: Tartarugas até lá embaixo
Autor(a): John Green
Quantidade de Páginas: 256
Editora Intrínseca
Gênero: Literatura Estrangeira / Romance
Ano: 2017
Skoob: Clique Aqui
Sinopse: Depois de seis anos, milhões de livros vendidos, dois filmes de sucesso e uma legião de fãs apaixonados ao redor do mundo, John Green, autor do inesquecível A culpa é das estrelas, lança o mais pessoal de todos os seus romances: Tartarugas até lá embaixo.

A história acompanha a jornada de Aza Holmes, uma menina de 16 anos que sai em busca de um bilionário misteriosamente desaparecido – quem encontrá-lo receberá uma polpuda recompensa em dinheiro – enquanto lida com o transtorno obsessivo-compulsivo (TOC).

Repleto de referências da vida do autor – entre elas, a tão marcada paixão pela cultura pop e o TOC, transtorno mental que o afeta desde a infância –, Tartarugas até lá embaixo tem tudo o que fez de John Green um dos mais queridos autores contemporâneos. Um livro incrível, recheado de frases sublinháveis, que fala de amizades duradouras e reencontros inesperados, fan-fics de Star Wars e – por que não? – peculiares répteis neozelandeses.

Resenha
A história começa com o desaparecimento misterioso do bilionário Russell Pickett, já que ninguém o viu sair de sua mansão em Indianápolis. Aza Holmes, uma garota de dezesseis anos ouve sua melhor amiga Daisy falar sobre o desaparecimento de Pickett e lembra de já foi próxima do filho dele, Davis. Aza contrariada, começa a ajudar a amiga a descobrir onde Pickett está, já que a recompensa é de cem mil dólares, e Daisy quer muito receber este dinheiro.

Aza então tem que “dividir” seus pensamentos entre as espirais que a fazem pensar sempre nas mesmas coisas, ajudar Daisy e se reaproximar de Davis.

O tempo todo vemos a perspectiva da Aza sobre tudo, suas constantes preocupações e até mesmo como sua melhor amiga e sua mãe lidam com ela.

Ela tem que lidar diariamente com medos e pensamentos que a atormentam, não a deixando em paz nenhum segundo. Aza chama seus pensamentos de espirais e essas espirais não param nunca. Ela e Daisy são muito unidas, Daisy é uma escritora de fanfics de Star Wars e gosta de ser diferente. A amizade delas dá certo pelas diferenças entre elas.

Tartarugas Até Lá Embaixo tem uma forma de leitura fácil que te faz querer ler uma página atrás da outra, não querendo que o livro acabe.

Eu o li com uma certa calma pois vi que muita gente o tinha lido rapidamente e se arrependido, pois o livro é muito bom para ser lido rápido. Por vezes eu tive que desprender o ar que eu nem lembrava de ter segurado. A Aza tem pensamentos complexos e diferentes causados pelo TOC e pela ansiedade. Foi muito bom ler um livro que aborda dois dos transtornos mentais “menos” discutidos, e não os ver em um livro de autoajuda foi ótimo.

As páginas são em um tom amarelado, e o estilo do livro é “padrão” dos livros do John.

Descubra o que aconteceu com o bilionário Russell Pickett e o desfecho do livro. Você não vai se arrepender.
Onde Comprar: Amazon - Saraiva - Americanas - Submarino

32 comentários:

  1. Tenho uma relação de amor e ódio com o tio verde. Alguns livros eu amo, outros odeio. Esse em especial eu quero ler, por tratar de assuntos que conheço bem., sem dizer que a leitura fácil que mencionou me chama atenção. Espero em breve saber o desfecho de tal bilionário.

    Beijos.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também tenho essa relação de amor e ódio com ele, mas por vezes ele acerta no livro. Espero que você goste desse. Beijos

      Excluir
  2. Olá, tudo bem Jéssica?
    Eu acho essa capa bem legal, eu tenho vontade de ler esse livro, parece ser uma boa leitura, acho interessante o autor abordar temas como TOC e ansiedade. Gostei da sua resenha, ficou objetiva, está de parabéns.
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou da resenha! É de fato um tema importante. Espero que goste do livro. Beijos

      Excluir
  3. Eu estou muito curiosa com esse livro e gostei muito da tua resenha, quando eu for ler vou tentar ler devagar também para aproveitar mais a leitura.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma leitura gostosinha porque é um tema pouco discutido nesses livros que não são auto-ajuda. Espero que goste

      Excluir
  4. Olá!
    Desde que li os livros do John Green e só gostei de A Culpa é das Estrelas, mesmo só vendo o povo elogiar os mais, fiquei com um mega pé atrás de ler mais alguma coisa. Desde então, quando esse livro foi lançado, eu não fiquei tentada a ler. Porém, sua resenha me deu uma nova esperança de que posso gostar do livro, apesar de saber que pode ser igualmente frustrante (narração padrão do José Green). Só lendo pra eu saber né? Espero gostar tanto quanto você.

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu fiquei frustrada com o John porque li "A culpa é das estrelas" e achei ótimo,porém achei horrível "O Teorema de Katherine" e nunca mais quis ler algo dele. Então eu vi que o novo livro dele é sobre esses transtornos mentais dos quais eu sofro e fiquei tentada a ler. Gostei muito,como eu disse na resenha,e espero que você goste. Abraços

      Excluir
  5. Pelo fato de eu ter uma relação de "Sei lá" com o John Green, ainda não li esse livro. Alguns eu odiei, outros gostei... ele faz coisas que não me agradam completamente, por isso ainda não tive vontade de ler esse. Mas quem sabe mais pra frente eu leia, né? Tudo é questão de momento!

    Um beijo, Pri :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É realmente uma questão de momento, talvez daqui um tempinho você se sinta inspirada para ler esse. E Quando isso acontecer, espero que goste. Beijos

      Excluir
  6. Olá, tudo bem? Já me decepcionei com alguns livros do autor, porém quero muito ler este, principalmente por tratar desse tema super importante. Ótima resenha!

    Beijos,
    https://duaslivreiras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá tudo bem, e com você?! O John é um autor conflitante, muita gente odeia, muita gente ama. Mas ele consegue acertar em alguns temas importantes. Fico feliz que tenha gostado da resenha. Beijos

      Excluir
  7. Olha tenho que lhe dizer, eu não tenho a minima mais é minima vontade de ler esse livro, eu tenho um ranço total do autor, aquelas mesmas formulas que ele já tanto usou hoje não me atraem em nada, então apesar da sua resenha ter sido ótima e está de parabéns não me deu vontade de ler o livro. Fica pra próxima.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou da resenha! Espero que um dia você consiga ler este livro. Beijos

      Excluir
  8. Esse livro entrou para os meus favoritos.
    Eu vivo naquela relação de amor e ódio com o autor.
    E senti que essa ausência fez bem pra ele. Gostei da história, da personagem e de saber um pouco mais sobre TOC

    Beijos
    www.saidaminhalente.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse livro,para mim é um dos melhores do John, creio que pelo tema. E realmente ausência fez bem pra ele. Beijos

      Excluir
  9. Olá, eu estou bem animada para ler esse livro do John Green. Fico contente ao ver pela sua resenha que gostou da leitura, são mesmo interessantes os temas abordados pelo autor.

    petalasdeliberdade.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que você goste da leitura, é um livro bom e com um tema importante. Beijos

      Excluir
  10. Acabei lendo apenas ACEDE do autor, e confesso que não tenho interesse neste livro. Que bom que gostou.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Talvez daqui um tempo você consiga ler esse livro, Rose. As vezes é só fingir que não é do John, você pode se surpreender. Beijos

      Excluir
  11. Oie
    Eu adoro a escrita do John Green e amei saber que esse livro segue o padrão dos livros dele. Bacana saber que retrata dois distúrbios mentais, são temas que geralmente não encontro nos livros que leio. Quero muito ler, espero gostar também. Amei a resenha.
    Bjos, Bya! 💋

    ResponderExcluir
  12. Esta aí o único livro do John Green que pelas resenhas que tenho lido me deixou interessada e agora reforçada pelo fato de vc afirmar que é leitura rápida e que prende o leitor.

    Bjo
    Tânia Bueno

    ResponderExcluir
  13. Acho que esse é o livro do John que mais quero ler, parece ser a obra mais sincera dele, sem contar que ele passou por diversas crises de ansiedade antes de publica-lo. Só vejo comentarios positivos sobre a obra e adorei sua resenha.

    ResponderExcluir
  14. Oi, tudo bem?
    Pela capa e titulo não leria nunca! Mas gostei muito da sinopse e sua resenha me deixou curiosa, ainda mais sabendo que tem um pouco de autobiográfico! Dica anotada!
    http://colecionandoromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oi, tudo bem?
    Acho interessante que seja abordado TOC e ansiedade, mas pra falar a verdade não tenho muita vontade de ler este livro.
    Bjs

    ResponderExcluir
  16. Oie!
    Eu adorei A Culpa e das estrelas, mas os outros foram decepcionantes... eu quero ler esse pois ouvi muitos elogios, talvez logo vire filme ne? 😊

    ResponderExcluir
  17. Olá!
    Eu acho que Green foi muito feliz em lançar um livro com um tema que dá uma boa narrativa. Tenho visto grandes elogios e confesso estar com altas expectativas pra essa leitura que farei em breve.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  18. Olá Ana,
    Também li esse livro com calma porque o achei maravilhoso demais para ser lido com pressa. fiquei muito contente por você ter gostado dessa leitura e por indicá-lo sem arrependimentos. Eu fiquei muito contente por ter conhecido mais sobre o TOC, que achei que era uma coisa completamente diferente e que me surpreendeu demais!
    Amei sua resenha.
    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Oi. Estou lendo muitas resenhas desse livro e sempre com olhares positivos, que bom que você curtiu, estou esperando um pouco para fazer a leitura, pelo teor mais juvenil, é algo que leio em um dia e espero gostar.

    ResponderExcluir
  20. Olá! Vejo muitas coisas sobre esse livro mas infelizmente não tenho vontade de ler nada do John Green! Sua resenha me mostrou um pouco da história e parece ser bem interesante!

    Beijos,
    Conta-se um Livro

    ResponderExcluir
  21. Já li alguns livros que abordam o TOC (de ficção mesmo) e adorei. Acho o tema interessante demais. Já sobre ansiedade acho que não li quase nada. Adoro John Green e estou ansiosa para ler esse livro, adorei saber que você curtiu.

    ResponderExcluir
  22. Infelizmente não é de uma temática que me agrade muito, então vou passar a dica desta vez. Deve ser uma leitura interessante para quem curte este gênero literário. Boa sorte com o blog!

    Portal GATILHO
    https://portalgatilho.wordpress.com

    ResponderExcluir

Regras para os Comentários:

- Seja educado e não use palavras de baixo calão;
- Comentários hostis e racistas serão excluídos;
- Deixe o link do seu blog, pois retribuo todos os comentários;