21/05/2017

[Resenha] O Garoto que Tinha Asas - Raiza Varella


Bom Dia ūüėė Continuando com as resenha da Trilogia Encantados da nossa parceira Raiza Varella hoje temos a resenha do segundo livro, O Garoto que Tinha Asas, onde dessa vez temos como protagonista o romance do Augusto com uma garota sem nome ❤ O romance tr√°s uma releitura moderna do cl√°ssico A Bela e a Fera que sem duvida √© mais um motivo nos convidando para aprecia-lo ūüėć Ent√£o n√£o deixe de conferir a resenha abaixo.

Dados do Livros
Titulo: O Garoto que Tinha Asas (Trilogia Encantados #2)
Autor(a): Raiza Varella
Quantidade de P√°ginas: 432
Editora: Pandorga
G√™nero: Literatura Nacional / Romance
Ano: 2016
Skoob: Clique Aqui
Sinopse: Depois do conto de fadas protagonizado por Bárbara e Ian em O Garoto dos Olhos Azuis chegou a hora de conhecermos a história de outro casal encantado. Augusto Bittencourt, vulgo Monstro, é um renomado médico, dono de uma carreira sólida e do hábito de dispensar uma mulher atrás da outra sem piedade. Nunca se apaixonou e não acredita que um dia irá encontrar uma mulher interessante o suficiente para mudar esse fato. Mas o destino parecia pensar diferente, em uma madrugada fria ele presencia um terrível acidente de carro e conhece a garota sem nome. Uma garota que há muito tempo não sabe o que é ter um lar, se sentir segura e não precisar fugir de ninguém até que, em meio aos destroços, ela vê alguém correr em sua direção, um garoto que ela poderia jurar ter asas. Embora Augusto esteja muito longe de se parecer com um anjo, ele acaba por salvar a sua vida. Pela primeira vez, o médico de pouco humor e muito caráter terá que enfrentar e ir contra todos os seus princípios para cumprir uma promessa que não deveria ter feito e de quebra, quem sabe, se apaixonar. Em O Garoto que tinha Asas vamos descobrir se o príncipe encantado realmente vem montado em um cavalo branco ou se sua cor é o que menos importa em meio a uma singela releitura de A Bela e a Fera.

Resenha
Confira a resenha do livro anterior da trilogia:  O Garoto dos Olhos Azuis

No livro anterior, O Garoto dos Olhos AzuisB√°bara e Ian tiveram seu final feliz, claro que depois de uma enorme carga dram√°ticas e alguns loucos que tentaram os afastar, e agora chegou a vez do duro e nada rom√Ęntico do irm√£o da B√°rbara, Augusto, tamb√©m conhecido como Monstro encontrar algu√©m para o desestabilizar.

Augusto v√™ sua vida mudar quando presencia uma persegui√ß√£o de um estranho carro ao carro de uma jovem, ela parece tentar fugir, mas mesmo assim acaba envolvida em um acidente e como se n√£o conseguisse passar reto ou ignorar Augusto para e v√™ se a jovem esta viva. A garota sem nome esta viva, mas perdendo a consci√™ncia e com suas √ļltimas esperan√ßas pede que Augusto cuide de sua "vida" sem leva-la a policia e desmaia, mas sua "vida" n√£o √© bem sua e sim um garotinho que esta sentado no banco de tr√°s e sem saber porque Augusto cumpre sua promessa e leva o garoto para casa enquanto a jovem e poss√≠vel m√£e do menininho vai para o hospital.

Enquanto espera que a jovem se recupere para poder se livrar da encrenca que arranjou, Augusto √© "obrigado" a cuidar de um garoto que n√£o fala com ningu√©m a n√£o ser com a filhinha de B√°rbara, claro que ele n√£o esta sozinho nessa tarefa e sua fam√≠lia e amigos o ajudam. Ele s√≥ n√£o contava que esse garotinho fosse despertar algum afeto no seu duro cora√ß√£o como tamb√©m n√£o esperava que a Garota sem Nome o despertasse um sentimento de prote√ß√£o nele que n√£o vai deixar com que ele se livre dela depois que ela tiver alta do hospital.

"Se você acha que é imune, boa sorte. Vai ser uma boa surpresa quando você finalmente descobrir que é humano."

O Garoto que Tinha Asas √© uma releitura moderna de Bela e a Fera e assim temos um "pr√≠ncipe" de modos duros e com o cora√ß√£o frio e uma jovem obstinada e teimosa que vai fazer com que ele descubra que pode ter sentimentos.

Os personagens principais no come√ßo s√£o polos opostos, Augusto, frio, egoc√™ntrico, mascarando qualquer sentimento que pudesse ter, j√° A Garota sem Nome uma jovem forte, cheia de medos e traumas que faz de tudo para proteger seu pequeno menino. Mas com a narrativa em primeira pessoa alternando entre eles podemos ver que eles se completam e se modelam e melhoram ao lado um do outro.

Claro que a autora n√£o faria que eles ficassem junto f√°cil neh? Temos varias desafio que eles devem superar, pessoas que tentaram separa-los, persegui√ß√£o, conflitos e seus pr√≥prios confusos  sentimentos que hora os atraem e outras os separam.

"Se eu sei disso, por que a cada passo me aninho mais em seus braços? Por que não grito ou tento me desvencilhar? Por que não peço para que ele me solte e fujo dessa enquanto ainda há tempo, enquanto ainda posso fingir que ele nunca existiu na minha vida? A resposta é simples, eu não conseguiria mais fingir nem se quisesse. Desde o momento em que ele apareceu correndo no meio da fumaça com asas cor de bronze saindo de suas costas eu soube: soube que ele era o homem que iria me salvar."

A narrativa em primeira pessoa √© intercalada entre os protagonista dando um dinamismo a leitura e nos permite conhecer ambos os lados e seus sentimentos, al√©m disso faz com que a leitura flua bem e apesar de ser um livro longo pode ser lido em poucas horas.

Então se você assim como eu curti um bom romance com altas doses de drama não pode deixar de ler essa releitura moderna de a Bela e a Fera e se deliciar com os protagonistas.

Onde Comprar: Amazon - Saraiva - Americanas - Submarino

2 coment√°rios:

  1. Como o primeiro livro que já vi em outros blog a capa é linda, adorei sua resenha quero muito ler, são apenas dois livros ou tem mais? Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, na verdade é uma trilogia e todos já foram publicados na Amazon <3 As capas são realmente lindas.

      Excluir

Regras para os Coment√°rios:

- Seja educado e n√£o use palavras de baixo cal√£o;
- Comentários hostis e racistas serão excluídos;
- Deixe o link do seu blog, pois retribuo todos os coment√°rios;