23/02/2015

[Resenha #109] Herdeira do Escândalo

Ola fofinhos!!!Eu não apareci semana passada né? Não me matem! Estava em um abençoado retiro! Então, volto trazendo resenha de um romance de banca!Oh! Vamos falar sobre a mais velha das herdeiras Balfour? Bora comentar sobre Herdeira do Escândalo???!

Titulo: Herdeira do Escândalo - Noivas Balfour Livro 1
Autor: Sharon Kendrick
Quantidade de Páginas: 320 (Livro com outra história junto, então cada uma tem em média 160)
Editora: Harlequin Books
Gênero: Literatura Estrangeira / Romance / Romance de Banca
Ano de Lançamento: 2011
Preço: _______ (?)
ISBN: 9788539801305
Sinopse: Enquanto trabalhava esfregando o chão, Mia sonhava com uma vida melhor. Até descobrir que era uma das herdeiras dos Balfour, uma das dinastias mais ricas do mundo... Quando conheceu a família, ficou apavorada. Porém, ganhou uma grande oportunidade de aprender sobre a alta sociedade ao ser contratada para trabalhar com o magnata Nikos. Ele tivera uma vida difícil, mas aprendeu a conquistar tudo aquilo que queria...


Resenha
Mia sempre viveu só com a tia. Foi abandonada desde cedo pela mãe que só aparecia para pagar os serviços de sua tutora e nunca conheceu o pai. Ao ser revelada a identidade de seu genitor, ela vê a oportunidade de poder ter uma vida melhor e quem sabe até uma família. O que ela não contava era em ser a mais velha de oito filhas e que todas as suas irmãs fossem mimadas até a raiz da alma. Ao ser apresentada a sociedade por seu pai desperta mais um escândalo ao qual os Balfour já estavam afundados e talvez a única maneira que exista é mandar cada uma das filhas trabalhar com algum dos seus sócios ou amigos. Cá entre nós, apesar ser conhecidos pelo pai, eles tem quase as mesmas idades das filhas e são lindos, solteiros... Velhinho casamenteiro,sô!

"Agora, lá estava ela, prestes a encontrar Oscar Balfour. O chefe orgulhoso da residência Balfour. Um homem de negócios bilionário e poderoso. Marido de três esposas diferentes e pai de sete... sete... lindas filhas. Oito filhas, corrigiu Mia, e seu estômago se contorceu com o pensamento."

Nikos um magnata poderoso que conseguiu sua fortuna a duras batalhas e não foi da noite para o dia. Solteirão convicto deixa claro a primeira oportunidade que não quer compromissos. Clichê? Sim, mas o motivo vai surpreender! Ao visitar o cara que o ajudou a chegar onde está ele encontra um moça linda no portão com uma gigantesca mala. Ao quase atropelá-la e chamá-la de empregada, o que ele não esperava era que ela fosse o mais recente escândalo e a sua nova assistente...

Neste livro somos apresentados a primeira filha de Oscar, uma que ele nem sabia que existia. Para vocês terem uma pequena ideia essa família é rodeada por escândalos. Mia chega a casa durante a morte da última esposa de seu pai. Nisso a impressa já cai matando: e morre esposa pra cá e filha ilegitima pra lá... Então, no meio de um baile beneficente uma das irmãs solta um segredo em meio aos 'urubus' que faz o patriarca tomar uma decisão radical: chega de serem mimadas! É a hora de aprenderem a viver, da pior maneira, mas é a hora. Para Mia, até que a situação não ficou ruim, ela não tem medo de serviço, trabalhava desde cedo com sua tia na produção de vinho. O que ela realmente precisava era se adaptar a esse mundo novo. Ao ser mandada até Nikos ela percebe que pode ser um pouco difícil viver ao seu lado.

"Nas duas semanas que estava trabalhando para ele, Nikos a vinha tratando mais como sua escrava do que como sua assistente pessoal. Arrastava-a para todos os almoços de negócios. Tirava-a da cama quase de madrugada para que ela o acompanhasse a cafés da manhã a trabalho, também."

Bem, Mia e Nikos bem no final dá para perceber que são muito parecidos. Desde a criação, a luta por um lugar no mundo... É nessa igualdade que acaba nascendo um amor. Os dois são bem decididos e firmes na palavra, sabem lutar por aquilo que querem. A história trás aquilo que um livro de mulherzinha deve trazer, um bom romance muito bem posto, nada muito erótico e nem dramático. Do tipo que eu gosto mesmo. Apesar da frieza que Nikos carrega em um momento no outro ele mostra todo aquele cavalheirismo grego que eu amo.

"Em caso positivo, o imbecil precisava aprender boas maneiras. Que tipo de homem deixava uma linda jovem estrangeira andar sozinha pela cidade?
Ela já parecia perdida. E a sensação mais estranha estava percorrendo Nikos."

Esse é um dos meus queridinhos, não li ainda os outros da série porém amo muito este. Ele é um romance que não é das rainhas e ainda por isso tem pé e cabeça. Sim, vale a pena ler. Aqui o personagem não muda de uma hora para outra, aqui ele quer aprender a ser melhor.... Diferente,né? Super recomendado para amantes de romances florzinhas ou só de romances!

Nota:
(Muito Bom)

E aí, vocês já leram, vão ler? Gostam de romances de banca? Já leu ao menos algum? Vamos conversar???

17 comentários:

  1. Oi, Gisele!!!

    Até hoje só li um livro da Harlequin, e até que achei bom! Tenho um monte deles no meu Kindle, mas o tempo está corrido para eles rsrs Sempre dou preferência a outros livros, e eles vão ficando meio que esquecidos :P
    Eu não sei se vou ler esse livro, mas gostei de tudo o que você disse, então se algum dia eu tiver oportunidade de lê-lo, com certeza o farei ;)

    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Oi Gi, tudo bem?

    Eu amo romance de banca, comecei lendo eles na adolescência e adoro. Algumas pessoas acham esses livros clichês, mas eu adoro. Muitos livros de romances começaram como romances de banca. Gostei da história e vou dar uma procurada nele depois.

    Beijos
    Leitora sempre

    ResponderExcluir
  3. Olá =)

    Esses romances de banca não me atraem muito, posso comprá-los por R$1 no sebo do meu bairro, mas nenhuma história me chamou atenção. Quem lia muito eram as minhas tias e minha mãe. Devo ter lido um quando era mais nova. Mas dica anotada ;)

    Beijos, Rob
    http://estantedarob.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi Gi, tudo bem?
    Eu adoro romance clichê e adoro personagens que se enfrentam dizem que não se gostam e depois se rendem ao amor que sentem um pelo outro!!!!! Quem pode se cansar disso? Eu não, kkkkkk E achei esse bem divertido também, acho que esse pai e essas irmãs criarão muitas confusões.
    Dica super anotada.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Gi eu amo esse romances , mesmo sendo clichê meloso demais , foi com eles que peguei gosto na leitura, adorei a premissa do livro, a Editora a cada dia com capas mais lindas. Já anotado para leitura. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  6. Oi Gi!
    Os livros da Harlequin são sensacionais, pelo menos é o que eu ouço falar. É um livro mais voltado ao público feminino, mas achei bem interessante a estória e até divertida. Parabéns pela resenha.
    Abraços

    www.estantejovem.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oi Flor, não conhecia o livro mas já fiquei interessada. Adoro romances clichês e cheios de cenas melosas. Tenho certeza que se tiver oportunidade, lerei o livro.

    Bjs, Glaucia.
    www.maisquelivros.com

    ResponderExcluir
  8. Muito legal mesmo isso do personagem querer aprender a ser melhor. Eu enjoei um pouco de romances de banca, mas esse parece ter uma proposta diferente, apesar de clichê, já que não é muito focado no erótico.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  9. Olá, tudo bem?

    Preciso ser bem sincero: eu não conhecia o livro, mas de cara posso afirmar que nunca o lerei em minha vida. Primeiramente, por causa da minha aversão à Editora Harlequin. Segundo, porque não gosto de romances de banca, então... Entretanto, fico feliz em saber que você gostou da leitura :)

    Até logo,
    Sérgio H.

    www.decaranasletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Que saudade de ir a retiros! Rs
    Não sou de ler romance de banca, mas é por não ter mesmo, porque a temática me interessa. Esse aí me parece meio clichê, mas mesmo assim me deixou com vontade de ler. E, pelo seu comentário final, faço parte do público-alvo.
    Beijinhos!
    Giulia - www.prazermechamolivro.com

    ResponderExcluir
  11. Oi, Gisele!
    Ainda não conhecia esse livro.
    Aliás, nunca nem tinha ouvido falar, não leio muito os livros da Editora.
    Mas pela sua resenha parece ser mesmo uma bos historia, e que parece ter te conquistado, né!? Gostei da sua resenha, talvez eu o leia.

    Beijinhos
    Jaque - Meus Livros, Meu Mundo.

    ResponderExcluir
  12. Olá

    Não leio romances nesse estilo, esse parece ser um daqueles romances de banca haha já vi vários por aí, mas realmente não fazem meu estilo, aliás romances românticos de uma forma geral são quase totalmente dispensáveis pra mim.

    Abraço!
    www.umomt.com

    ResponderExcluir
  13. oi Gi. confesso que nunca li nenhum romance de banca, mas não me falta vontade sabe.
    gostei da história desse livro apesar de ser bem aquele estilo clichê. só n fiquei morta de amores por ele, mas leria com toda certeza!
    Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
  14. Olá, tudo bom?
    Não sou acostumada a ler livros deste tipo.
    Acho que iria me incomodar com algumas coisas hahaha pode ser que seja água com açúcar demais. Não sei :D
    Mas que bom que você curtiu.
    bjs

    www.horadaleitur.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Retiros são tão legaaais <3
    Confesso que não consigo ler Harlequin. Nada contra as histórias, afinal de contas muitas divas saíram do romance de banca, mas esse formato me da nos nervos! Pequeno, folhas ásperas.. arg, não consigo rs.
    Quem sabe se ele sair em formato de livro de livraria =)
    Até porque achei interessante.. esse mocinho é realmente diferente.

    Beeeijinhos ;*
    Andressa - Mais que Livros

    ResponderExcluir
  16. Oiii
    Eu nunca li nenhum livro de banca, mas tenho uma certa curiosidade sobre eles.
    Também nunca li nada da Harlequin. Gostei bastante sobre o que disse da história, e se eu achar ele em alguma banca, com certeza irei lê-lo e matar minha curiosidade.

    Beijos
    http://www.sacudindoaspalavras.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Oi Gi... Já li muitos romances de banca quando era adolescente... hoje em dia não leio tanto quanto eu gostaria kkkkk. Mas eu achei a premissa desse bem interessante.. parece que a mocinha é bem atípica de sua época e é disso que gosto... adorei a sua resenha... Xero!!!!!

    ResponderExcluir

Regras para os Comentários:

- Seja educado e não use palavras de baixo calão;
- Comentários hostis e racistas serão excluídos;
- Deixe o link do seu blog, pois retribuo todos os comentários;