03/11/2014

[Resenha#75] Indigna para um Rei?

Ola povo amado e querido do meu coraçãozinho! Pensaram que eu não viria hoje né?! É que passei o dia todo na cidade vizinha no médico, minha mãe tinha exame! Porém, aqui estou! Minha resenha dessa semana é sobre um livro digno de contos de fadas! Vamos conversar um pouco sobre indigna para um rei?


Livro: Indigna para um Rei?
Autora: Jane Porter
Editora: Harlequin
Gênero: Literatura Estrangeira / Romance / Livros de Banca
Páginas: 183
Sinopse: A princesa impostora... e o rei! Como num conto de fadas, Hannah concorda em ajudar uma princesa e, de uma hora para outra, se vê noiva de um rei! Este perigoso disfarce precisa acabar logo, pois a química entre eles está ficando demais! Aos olhos de Zale, sua noiva não passava de uma princesa mimada que se casaria apenas por obrigação. Mas, então, como ela havia conseguido se transformar numa mulher divertida, fazendo seu sangue azul esquentar? Seria ela digna do posto de rainha? Zale terá de encontrar respostas para suas perguntas por si mesmo, e para isso precisará convencer Hannah a se livrar de sua tiara de rainha!



Resenha
Imagine em um dia tranqüilo de trabalho encontrar alguém idêntico a você? Só que com algumas diferenças, como a roupa, cabelo. E tem mais, as duas (ou dois) trocam de lugar??? “Espera um momento Gih, isso parece uma novela mexicana...Como é mesmo? Ah, já sei a Usurpadora! Mas por que razão estamos falando dessa novela?” É simples, porque não estamos! Vou conversar com vocês agora sobre esse livro que li! Parecido com a novela,né?! Foi a mesma coisa que pensei! A única diferença é que mocinha não vai para uma mansão viver com Carlos Daniel, mas sim para um palácio como noiva do Rei Zale Patek e princesa ainda! Mais chique né?! Hannah teve o que toda garota deseja desde que se entende por gente: uns dias de princesa! Literalmente!

Indigna para um rei? É o primeiro livro de uma série de dois livros que conta a história de Hannah e Emmeline, duas mulheres idênticas, só que com a diferença de que uma é a secretária de um sheik e a outra uma princesa. Em um encontro com as duas, elas resolvem trocar de lugar por apenas algumas horas, o que se torna dias. Hannah, sem ter outra saída acaba indo para Raguva conhecer o noivo da princesa o rei Zale e ali ela descobre que a conexão entre ambos pode ser um obstáculo difícil de superar quando se está de partida.

Jane Porter criou um romance digno de conto de fadas. Quem não gostaria de ser uma princesa? E ainda ter um romance com um rei charmoso e prá lá de bonito?? O livro acabou sendo pequeno para tanto romance real envolvido. A trama foi se desenrolando de uma maneira tão simples que li ele em apenas um dia e quando terminei fiquei abismada de ter acabado tão rápido. No livro somos apresentados a Ragura um país belo, com gente muito simpática. Conhecemos suas belezas e lógico seu castelo. Com todas as maravilhas sonhadas! Desde empregadas a disposição e quartos e mais quartos um mais diferente do outro, uma mais lindo do outro! Impossível não desejar morar lá!

Hannah é do meu tipo de mocinha: forte, determinada, não leva desaforo para casa e enfrenta se preciso até um rei em seu próprio país (e olha que ela fez isso!). Agora Zale, é tudo de bom! Tirando os atributos físicos, o que o difere dos outros “galãs” é o simples fato dele não fazer drama! É simples: “esse romance vai contra tudo que vivi, contra todas as regras que estabeleci, está virando tudo de cabeça pro ar, mas o que tem? Já estou apaixonado mesmo e não vou poder viver sem ela!” Tipo desse jeito!rsrsrsrs Só queria que o livro fosse maior (só penso isso,sabe!) e que Tinny tivesse mais participações! Espera, quem é Tinny? Só lendo para saber!!!! #MauMuitoMau

Recomendo esse livro para todas as românticas que sonham ainda com seu príncipe encantado, as que já encontraram e até para aqueles que se contentaram com o lobo mau mesmo! (se é que você me entende!kkkkkk) Ele é uma leitura rápida, pode ser feito naquele domingo preguiçoso que nunca tem nada para fazer ou ler. Com toda a certeza vale apena! Não, melhor, vale a galinha inteira!kkkkk

Nota
(Muito bom)

23 comentários:

  1. Sou uma eterna romântica, e pelo jeito vou adorar o livro. ♥
    Com certeza vou ler! *-*
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  2. Estou ansiosa para conhecer Ragura, parece ser um país incrível...Adoro mocinhas como Hannah, que não levam desaforo para casa! E o que mais de deixou curiosa nesta resenha foi sobre Tinny... Ah fala sério fiquei muito curiosa! Bela resenha, espero me aventurar neste conto de fadas em breve. Abraços.

    ResponderExcluir
  3. Adorei a proposta do livro <3 Amo romance de banca e esse que tem uma historia meio conhecida são bem legais, quem não quer ter um dia de princesas e de quebra encontrar seu príncipe encantado? <3 Espero poder lê-lo algum dia.

    ResponderExcluir
  4. Oieee! adorei a resenha, gosto muito de romances assim, ainda mais com principes e princesas, um verdadeiro contos de fadas
    beijo
    www.marichic.com

    ResponderExcluir
  5. Acho que tem algum filme que eu assisti, a muito tempo atrás que também tem conta a história de duas pessoas idênticas que trocam de lugar (algum daqueles filmes de sessão da tarde). Gostei da resenha mas não é o tipo de livro que mais me chama a atenção.
    Beijos
    Blog: Porão da Liesel
    Página no Facebook

    ResponderExcluir
  6. Ola Gi amo romances esses da Harlequim sempre me encantam , tem romance e rei ainda amei a premissa , mesmo sendo clichê nunca abandono esses romances. beijos


    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  7. Oii,

    Vou confessar que não me interessei a principio pela capa que não achei bonita, mas gostei da história!
    Já vi varios filmes que usam essa tematica de pessoas parecidas que trocam de lugar, acho bem divertido e por se tratar de um romance me chamou mais atenção ainda...
    Gostei de saber da "mocinha" odeio aquelas agua com açucar sabe??
    Mudei minha opinião pelo livro e espero ler em breve :)

    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
  8. Além da novela Usurpadora, eu lembrei de vários filmes americanos de trocas de identidade. E sempre com muito confusão. Eu, particularmente, não gosto de muito romantismo.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Oi Gisa <3

    Romances de banca nunca perdem a magia né?! Vira e mexe arrumo um da minha tia para ler. Acho que nunca li esse. Fico feliz que tenha gostado =)

    Beijos, Rob

    ResponderExcluir
  10. Hahahah, amei a proposta do livro, amo Usurpadora, é quase com toda certeza que amarei uma história bem semelhante. Será se a pseudo princesa volta para o seu devido lugar? Curiosa!

    Beijooos!
    Vivendo em Livros

    ResponderExcluir
  11. Apesar de ter gostado da proposta do livro, bem nostálgico (por sinal) e dos seus elogios, eu confesso que opto por não ler esse livro. Sempre acabo abandonando romances de bancas e ficando com raiva das personagens. Eu tentei várias vezes, mas nao consigo gostar. :/

    Att,
    decaranasletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Oi.
    Faz muito tempo que não leio um romance de banca, e a proposta desse é legal, mas não tem nada de inovador ou que despertasse minha vontade de ler.
    O interessante desses romances de banca é que são leituras bem leves e rápidas.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  13. Oi Gisele, tudo bem? Não gosto muito de romances de banca, mas achei a sinopse do livro bem legal... acho bem interessante isso de existir uma pessoa igual a você sem ser uma irmã gêmea... é meio bizarro, mas as vezes acontece.

    Bom, achei legal que o Zale, mesmo sendo rei, não tem aquele pensamento que não pode viver esse amor, porque ela é totalmente diferente dele e tudo mais... gostei do jeito dele de ver a vida.

    Adorei a resenha!!

    Beijinhos,

    Rafaella Lima // Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
  14. Olá, tudo bem???

    Parece mesmo ser uma leitura bem legal... e emocionante já que tem um romance intenso. Fiquei curiosa com a história.... gostei dos pontos positivos... e da ambientação... adoro palácios mesmo sem ter entrado em nenhum deles, mas gosto da paisagem e como são desenhados.... Xero!!!!

    ResponderExcluir
  15. Eu gosto de romances de banca para dar uma pausa nas leituras pesadas, gosto deles serem rapidinhos de ler e leves. Achei esse legal, apesar de não ser um enredo original, já vi várias histórias em que as pessoas trocam de lugar. Mas é muito difícil achar algo original, o importante para mim é como a história é contada e acho que nesse livro ela é contada de um jeito legal. O fato da Hannah não levar desaforo para casa me interessou. Vou deixar a dica anotada.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  16. Oi Gisele, tudo bem???
    Quem não gosta de um conto de fadas???? E ele se apaixonou por ela e vai lutar por ela contra tudo e contra todos??? Eu quero um para mim!!!!!! Ele tem um irmão sobrando por aí???? Risos...
    Adorei a história!!!!!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Oi,
    não conhecia o livro, mas parece bem legalzinho rsrs
    Se eu tiver a chance de lê-lo, com certeza o farei. Amo conto de fadas <3
    E leituras leves e rápidas sempre fazem bem :D

    Beijos!

    ResponderExcluir
  18. Olá!

    Apesar de ter lido a resenha e adora a premissa do livro, não o leria. Não sou do tipo que curte romances de banca, então esse tipo de leitura eu passo, haha.

    Até logo,
    Sérgio H.

    www.decaranasletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  19. Olá

    Hahaha bastou você falar de A Usurpadora pra eu reparar melhor na capa e visualizar um romance de banca. Nunca li nenhum desse estilo, mas quem sabe um dia eu possa acabar descobrindo um interessante. Esse, pelo que contou na resenha, parece ser bem divertido. Não sou muito de romances românticos, mas é bom sempre ler coisas variadas. Anotei a dica.

    Abraço!
    www.umomt.com

    ResponderExcluir
  20. Olá Gisele,
    infelizmente é assim, nos pegamos decepcionadas pela historia não ser grande e ter paginas o suficiente para nosso agrado. Assim são os romances de banca.
    Eu confesso ser totalmente apaixonada por este tipo de romance, eles são rápidos e direto, não enrolam. O que nos faz entrar com tudo na historia sem perder o foco. Mas quando a historia é bela sempre queremos mais.
    Eu gostei bastante da premissa desta historia, vou procurar por ela.
    Verdade quem não quer ser uma princesa?

    Beijokas Ana Zuky

    ResponderExcluir
  21. Eu não leio livros de banca, mas tenho grande curiosidade, pois minha mãe lia eles na adolescência e diz que eram ótimos, além de que muitas leitoras por ai elogiam esses livrinhos, mas eu ainda não tive oportunidade de ler nenhum, acredita? Pois é :c Mas depois da sua resenha eu acho que vou correndo ler meu primeiro livro de banca kkk E vai ser esse, porque eu achei muito bacana a história, embora lembre aqueles filmes de sessão da tarde, tem um que as meninas trocam de lugar e tals, mas mesmo parecendo um tanto clichê, eu adorei a história e acho que vou amar ler *o*

    Beijos :*
    Larissa - http://srtabookaholic.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Regras para os Comentários:

- Seja educado e não use palavras de baixo calão;
- Comentários hostis e racistas serão excluídos;
- Deixe o link do seu blog, pois retribuo todos os comentários;